• omni-electronica

Síndrome do edifício doente

Um edifício considerado doente quando 20% de seus ocupantes apresentam problemas de saúde associados à permanência em seu interior. Esses sintomas são significativos, em média, passamos 90% de nosso tempo em ambientes internos. Essa síndrome, que começou a ser estudada na década de 70 e foi reconhecida pela Organização Mundial da Saúde (OMS) em 1982, está frequentemente relacionada ao sistema de refrigeração do ar dos edifícios. Abaixo há um caso histórico publicado no G1: “Um caso extremo de síndrome do edifício doente aconteceu na Filadélfia, nos Estados Unidos, em 1976. Durante uma convenção da Legião Americana de Veteranos, que reuniu mais de 4 mil ex-soldados no Bellevue Stratford Hotel, os participantes começaram a adoecer misteriosamente, apresentando tosse, febre e dificuldade para respirar.


Quatro dias depois da convenção, um dos veteranos que tinha participado da convenção morreu. Outras 28 pessoas morreram em seguida. A causa da doença misteriosa – depois se descobriu – foi a presença da bactéria Legionella pneumophila no sistema de ventilação do edifício.” LENHARO, Mariana. Má qualidade do ar no ambiente de trabalho pode levar a síndrome. G1, 2014. Disponível em: <http://g1.globo.com/bemestar/noticia/2014/06/ma-qualidade-do-ar-no-ambiente-de-trabalho-pode-levar-sindrome.html/ >. Acesso em: 05 de ago. de 2019.


Inúmeras cidades no nosso país, possuem muitas das suas construções antigas, e o uso contínuo desses prédios, em grande parte pela preservação histórica, possuem problemas de saúde que não são notados de imediato, pois são problemas relacionadas ao edifício. A contaminação do ambiente pode ocasionar novos distúrbios, avivando doenças preexistentes (como rinite e asma) e desencadear distúrbios causados pela exposição no local prolongada (pneumonite de hipersensibilidade). A qualidade do ar interno está relacionada com produtividade e qualidade de vida. Também, qualidade do ar interno também significa menos gastos com equipamentos! Existem muitas formas de se resolver um problema, mas o primeiro é saber se ele existe. A omni trabalha oferecendo equipamentos de monitoração contínua, capilarizada, remota e automática da qualidade do ar! 😉



0 visualização
LINKS
  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram
CONTATO

contato@oebrasil.com.br

Tel: +55 (11) 3039.8369

Av. Prof. Lineu Prestes, 2242 

CIETEC Sala 232

São Paulo - SP

© 2020 by Omini-electronica LTDA. Todos os direitos reservados